B. Mönchengladbach Hat-Trick II

A segunda camisa do Hat-Trick vai ser usada nessa temporada, apesar que o clube já usou algumas vezes no campeonato passado, é uma camisa feita pela Lotto que retoma um pouca a tradição do clube misturando novamente o verde ao preto e ao branco prevalecente.

A camisa, novamente, segue o templante da temporada passada, um péssimo costume que a Lotto parece ter com clubes alemães. A camisa é bem simples, mas muito elegante, toda branca com detalhes em preto e duas faixas paralelas e sem espaçamento na esquerda, uma preta e uma verde, lembra muito a camisa do Away do Grêmio feita pela Puma para essa temporada. O contraste das cores é lindo e sempre casa perfeitamente, o branco acabou proporcionando uma bela dose de simplicidade que deixa a camisa respirar e as faixas deram o toque de beleza, ficaram muito bem equilibradas, nesse caso a ausência de uma pequena faixa branca no meio foi uma boa escolha, pelo excesso de elementos adicionais na camisa a pequena faixa branca acabaria fazendo o conjunto das duas perder força e assim o verde principalmente iria sair prejudicado causando um desequilíbrio nas cores da camisa.

A gola da Lotto é visualmente interessante, mas conferindo ao vivo achei um desastre, é uma pólo não pólo, ela fica sempre alta e acaba saindo da camisa, e virando muito mais um elemento estranho do que um complemento de beleza para a camisa, entretanto o pequeno vezinho preto, simples e modesto, é perfeito, discreto ele não chama a atenção para si e ainda da um corte no branco, acompanhado da gola ficou especialmente bem composto, uma gola muito simples mas extremamente bem feita. A opção de fazer as barras das mangas brancas é algo que eu não posso julgar se ficou bonito ou não, é uma arte que acompanha a idéia da camisa, se o criador queria algo mais claro e clássico essa é a escolha certa, mas se ele queria algo mais moderno acompanhando a tendência sem dúvidas deveria ter escolhido o preto, eu sinceramente prefiro o preto, mas defendo muito a idéia do uso de duas cores, nesse caso uma verde e outra preta, mas também acho que as vezes é preciso fugir das tendências e simplificar, no final das contas a verdade é que não muda muita coisa.

O símbolo da Lotto como já citei no primeiro post do Hat-Trick é mais baixo que o tradicional,não gosto e já dei meus motivos, nesse caso ainda tem o problema do vermelho que tudo bem pode ter um pouco, mas no caso acaba se tornando mais presente que o verde e quebrando a simplicidade que estava tão harmoniosa, além disso o símbolo da Lotto acaba parecendo maior do que de fato é pois ele tem todo esse espaço para preencher, só não é o grande erro da camisa pois a Kyocera não perdeu a chance de fazer a tradição dos patrocinadores valer, e olha que a marca geralmente embeleza as camisas. O Kyocera nesse caso errou ao colocar a caixa preta, ao contrário da outra camisa esse deveria ter sido feito em branco cortando as listras e não acrescentando área a elas, outra possibilidade era apenas circular as letras como na camisa do Grêmio assim eles não perderiam esse contraste do branco no preto, só para completar a caixa acabou passando das listras deixando essa parte em especial horrível.

O símbolo da Lotto, assim como o do Borussia, ficou bem comportado e deu seu toque a camisa sem estragar, o formato do brasão do clube caiu perfeitamente com as faixas e fez uma lindíssima combinação, no final a camisa só não ficou maravilhosa pelo uso errado do patrocínio e o excesso detalhes pequenos, sim eles são bons, mas o uso excessivo acarreta em muita informação desnecessária, isso se deve aos patches das ligas, ao patrocínio da Kyocera e aos símbolos da Lotto nas mangas além do pequeno detalhe prateado nas faixas, caso o patrocínio fosse corrigido ainda assim seria necessário tirar  os quadrados vermelhos da Lotto para dar um ar bonito na camisa. A propósito acabei de lembrar de outra camisa que tem muitos aspectos em comum com essa, trata-se do Innsbruck da Áustria. Ontem eu mostrei o patrocínio em caixa preta dando quase certo, hoje ele atuando de forma errada mas nem tanto, amanhã eu vou mostrar o desastre que a Kyocera causou em uma camisa do Borussia.

Anúncios

2 comments so far

  1. Ricardo on

    Espetacular essa camisa, uni simplicidade e requinte, se não fosse tão poluida como vc falou seria realmente muito linda

    se eu encontrar eu levo

    Resposta:
    talvez num futuro próximo, procurando em sites internacionais ou do clube eles lancem o modelo sem patrocinios, é uma pratica que ta se tornando comum, ai ela fica absolutamente linda

  2. Mateus on

    Li seu post sobre o programa que fez com Ellen Jabour e fiquei interessado em saber sobre a camisa do Al-Aian!

    Sou Palmeirense, e agora que o Valdivia está jogando nesse time, fiquei interessado em comprar uma já que segundo seu post ela é a mais linda.

    se der pra fazer uma analise sobre ficaria muito grato!
    abraços


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: