Archive for the ‘atual’ Tag

…Inglaterra

O Nacho pediu e novamente eu não poderia deixar de comentar essa camisa.

É o novo lançamento da Umbro para a Inglaterra que foi cercado de expectativas antes e de críticas depois. A camisa será usada como segundo uniforme nos anos de 2008 e 2009 inteiros e segue a tradição inglesa de ter na camisa de visitante  majoritariamente a cor vermelha.

A camisa, como também é tradição inglesa, não segue nenhum padrão e pode ter a certeza que nenhum outro time ou seleção vai adotar esse mesmo modelo. Porém apesar da camisa seguir vários padrões históricos ela tem uma novidade imagino que inusitada, ela ganhou um toque em azul, é fato que não é a primeira vez que a camisa da Inglaterra ganha essa cor em detalhes, a última vez foi em 96 com a camisa de casa, mas sem dúvidas não é algo comum. Nesse caso o azul aparece na parte superior da camisa como se fosse uma faixa cortada ao meio, sua dosagem foi bem controlada, mas como é costume da Umbro eles acabaram esgotando a parte superior da camisa com excesso de detalhes que não tem espaço suficiente para se mostrar e acabam sobrepondo um ao outro. Isso tudo porque há em cima dessas pequenas faixas azuis outras duas ainda menores em branco, outro ponto que também colaborou com essa sobreposição indesejada é a idéia de colocar a estrela e o logotipo da Umbro na faixa azul, mas isso é uma inovação e tem que ser vista com bons olhos, caso não existisse as tais faixas brancas esse detalhe talvez não tivesse ficado ruim. No resto da camisa observamos os mesmos erros que a tempos a Umbro comete, não há detalhes na parte inferior que acaba criando uma planície vermelha sem fim, e essa planície é responsável por tirar um pouco da beleza da camisa, ela torna a camisa muito vermelha e a falta de algo que quebre isso torna a camisa, além de comum em seu formato geral, muito sem graça e realmente não empolga ao ver e muito menos desperta o desejo de compra. Porém o modelo não é feito apenas de defeitos, a gola por exemplo é fantástica, relembra modelos de tempos passados mais simples e bonitos aperfeiçoados com um toque contemporâneo, esse último é representado pela linha branca que contorna a gola e engrossa levemente na parte da frente da camisa dando uma característica única para ela. Além do mais se você reparar bem a gola ganha uma margem de proximidade que acaba afetando as linhas azuis, muito bem feito. A centralização do brasão da federação inglesa realmente era a solução mais adequada, nessa camisa tudo literalmente aponta para o meio e o brasão acaba ganhando mais visão e não causa a queda do equilíbrio simétrico da camisa. Voltando a faixa azul mais uma vez gostaria de comentar a idéia da retirada da estrela de cima do brasão. Sei que muitos não gostaram e que causou má impressão principalmente pela quebra do lógico que é ter a estrela acima do escudo, mas mesmo assim eu gostei, a inovação sempre é muito bem recebida por mim, e no caso dessa me pareceu uma idéia ótima, a locomoção da estrela proporciona um detalhe a mais para uma faixa que não tinha nada para complementar e ainda se contrapõe ao símbolo da Umbro que foi igualmente bem colocado apesar de um pouco exagerado. No balanço final a camisa ficou interessante e nada mais, a Umbro ficou devendo detalhes nas laterais e mangas, onde geralmente acerta, detalhes na parte inferior, onde geralmente erra, e acabou repetindo erros banais, o mais grave é a condensação de detalhes na parte superior da camisa.

inglaterra-0809-b.jpg

A propósito queria dizer aos leitores do Compulsivos F.C. que a atualização está realmente muito difícil, principalmente pelo tempo que demora para fazer um post que realmente mereça ser lido, mas prometo que me esforçarei ao máximo para corrigir os dias e voltar ao normal.

Anúncios

…Nice da França

O Nice, clube do leste francês vizinho da Itália, é praticamente desconhecido no Brasil, só ouvi falar dele depois que a camisa foi vendida pela Puma aqui há cerca de 1 ano atrás na temporada 0506. Todos os títulos da 1ª divisão francesa do clube, que são 4, foram conquistados na década de 50 e das 3 Copa da França 2 também foram nesse período. Atualmente o clube está na 7ª colocação da 1ª divisão faltando apenas 1 partida para o termino do 1º turno.

A camisa do clube que eu vou mostrar é da temporada 0405, e como o clube foi fundado em 1904 é também a camisa do centenário do clube que, apesar de ser rubro negro, adotou um uniforme branco para a comemoração. Mas o clube não deixou de lado suas cores identidade e aplicou elas de uma forma muito bonita, fizeram duas faixas verticais que na verdade são divididas entre preto e vermelho sem branco entre as cores. O posicionamento das faixas e o conjunto formado por cores, espessura e plano de fundo ficou muito bom, a camisa ficou preenchida em todas as partes e a ausência de um patrocinador favorece a camiseta de uma forma incrível. Imagina só essa camisa com qualquer patrocínio que seja no meio, além de quebrar as faixas abrindo um espaço em branco para o posicionamento do mesmo, ele também iria cortar a idéia das faixas verticais, já que a total maioria dos patrocinadores põe seus nomes na horizontal.

Outra coisa que é de se admirar na camisa é o simples na sua forma mais pura, a camisa não passa de uma cor como base e duas faixas correntes em tons fortes e de presença. Mais uma prova de que é possível sim fazer simples e bem feito. Apesar de na época eu não ser um compulsivo por camisas eu iria ter adorado caso a Puma tivesse vendido a camisa aqui no Brasil, infelizmente eles chegaram com 1 temporada de atraso.

nice-centenary-0405.jpg

No meio da minha pesquisa acabei encontrando o novo uniforme do Nice de visitante para a temporada 0708, é fabricado pela Lotto, que tem nessa temporada seu 1º ano de contrato com o Nice, e adota o estilo camuflagem já proposto uma vez pelo St. Pauli, a camisa na verdade está bem bonita, mas os 2 patrocínios destroem ela, na verdade toda a culpa é do City Sport, o Takara caso fosse único seria muito aceitável e até bonito. Essa camisa na verdade mostra, para aqueles que achavam que não, que a Lotto faz sim suas camisas com o seu símbolo lateral sem a cor vermelha. E nesse caso a Lotto acertou bonito, ficou ótimo e o resultado é até um detalhe a mais na camisa. Caso não tivesse esse “ligeiro” patrocínio da City Sport eu até acrescentaria a camisa dos meus Objetos de Desenho, mas como tem… fica para a próxima.

nice-0708-b.jpg

…Hamburgo da Alemanha

O Hamburgo é conhecido no Brasil por ser o clube que perdeu o mundial para o Grêmio em 1983, o que ninguém é que do ano anterior para aquele o Hamburgo tinha conseguido a impressionante marca de ter ficado 364 dias sem perder uma partida. Ganhou 7 títulos nacionais e viveu sua época de grandes conquistas em 83 quando foi pela última vez campeão alemão.

Já os torcedores do clube tem muita sorte, o clube além de ter seu material fornecido pela Adidas, que muitas vezes faz um bom trabalho, tem o melhor patrocínio de todos, o Fly Emirates, o patrocínio que se adapta a qualquer camisa com uma simplicidade e beleza incrível além de sempre trazer tons que favorecem a camisa. O Fly Emirates conseguiu o que qualquer patrocínio quer, ser notado sem ser criticado.  Eu mesmo não resisti e já tenho uma camisa com o patrocínio deles a um bom tempo. Só para constar a Fly Emirates patrocina PSG da França, Arsenal da Inglaterra, onde ocorre a Fly Emirates Cup, Hamburgo da Alemanha e já fechou contrato para a temporada que vem com o Milan da Itália, que agora sim vai ganhar uma das camisas mais bonitas do mundo.

O Clube ganhou 3 camisas completamente novas para essa temporada já que migrou da Puma para a Adidas. O uniforme de casa tem um aspecto diferente dos anos anteriores e ganha uma boa parcela de vermelho, começa logo nas faixas da Adidas e depois partem para o detalhe da gola, também as listras finas em vertical que é o que deixa a camisa apesar de simples, muito linda. Não posso esquecer de falar do Fly Emirates, que também ficou vermelho. Para completar essa camisa linda tem a gola que apesar de ser estilo pólo não é muito alta e quando vestida fica muito boa e completa a camisa dando um toque de estilo muito especial.

hamburgo-0708-a.jpg

 A camisa de visitante segue a linha de camisas lindas e é preta com detalhes variando em azul e branco. Ela é uma das únicas nesse desenho da Adidas que quebra o padrão que é feito de 2 faixas em cada lado normalmente uma de cada cor como a do Fluminense. Nesse caso cada um dos 2 lados tem 2 cores sim, porém elas repetem o preto que também é a cor da camisa, portanto, apesar do tecido diferente, eles acabam anulando o esse detalhe, eles fizeram isso na faixa que é maior pois assim não ficava tão estranho. Já a outra faixa varia de cada lado, uma é branca e a outra azul marinho, que são as cores do clube, e acabou tornando a camisa uma das mais bonitas da Adidas para essa temporada. Já para balancear o resto da camisa eles preferiram usar mais o branco, principalmente porque se destaca no preto, e aplicaram isso nas listras e no patrocínio, já o azul além de ser predominante no escudo também ficou com a gola, ficou muito bom se não perfeito, parece que não mudaria muito, mas acabou dando a escurecida que a camisa propõem e não teria caso esse mínimo detalhe fosse branco.

hamburgo-0708-b.jpg

Já a última camisa não ficou tão boa quanto as outras, também quebra o padrão Adidas, e também oculta faixas que deveriam ter cores diferentes e estão em tecido diferente, mas agora a camisa sofre de falta de cores, as listras na manga a gola e o Fly Emirates não deram conta, ela não chega a ser feia, mas leva desvantagem pela forte concorrência dentro do próprio clube, além disso ela tem uma irmã gêmea, a do Benfica casa, só muda o patrocínio, o escudo e o detalhe na barra da manga, e mesmo assim essa é mais bonita (culpa do Fly Emirates).

hamburgo-0708-c.jpg

 Algumas pessoas, e acho que há outros que concordem com elas, falaram que apesar dos belos desenhos e das diferenças o horroroso e infeliz escudo do clube consegue acabar com todas as camisas, mas principalmente a segunda, pois tem padrões muito retos contrariando a camisa que procura, apesar de não muito, um desenho mais curvado. Não acho que seja tão grave assim, mas está aí uma opinião diferente.

…Bordeaux da França

Não é a 1ª vez que eu falo do Bordeaux, realmente ele é um clube que eu sempre gostei de admirar pela beleza e singularidade das camisas. Mas venho falar do Bordeaux pois enfim realizei o sonho de ter uma camisa do clube gerundino. Comprei ontem de noite a camisa de casa da atual temporada por 80 reais, a compra foi realizada na Netshoes, que me parece ter cometido algum engano ao baixar mais de 50% o preço de uma camisa da temporada 0708, deve ter ido sem querer junto com as da temporada passada.

De qualquer forma a camisa é muito bonita e usa o padrão Puma de clubes, e por isso tem mais branco do que as edições anteriores o que é bom, apesar de achar que ou o branco da manga ou o branco da suvaqueira deveria ser trocado pelo azul assim não acumularia tanto. O símbolo centralizado e a famosa marca do “v” principalmente são aspectos de tornam essa camisa muito peculiar. Já o símbolo da Puma acima do escudo do clube e o patrocínio da Kia são duas coisas que podem fazer alguns acharem a camisa feia, o símbolo porque acumula muita coisa junta e o patrocínio da Kia eu acho que não preciso nem explicar. Mesmo assim os pontos positivos superam os negativos e a camisa é sim muito bonita.

bordeaux-0708-a.jpg

Chegada prevista para 3ª feira, espero que não atrase dessa vez.

Especial do Mês – Dezembro

Lançamentos

 No último mês e meio as marcas Umbro, Nike, Adidas e Puma lançaram algumas camisas das seleções que patrocinam, as camisas foram bem divididas entre casa e visitante.

 Umbro

Bom: Numa camiseta Umbro a qualidade sempre é um ponto positivo, mas na questão desing as camisas ganham por terem muitos detalhes na parte superior o que as torna bem completas e elaboradas com possibilidade de detalhes em cores diferentes.

 Ruim: O símbolo da Umbro na manga para mim é algo contra a camisa, um detalhe desnecessário já que há outro muito perto e da mesma forma. Outro ponto negativo é as duas faixas muito próximas na altura do ombro, imagino que uma deveria ir mais para trás pois assim haveria mais espaço para o detalhe se acomodar, dessa forma um acumula sobre o outro.

Diferencial: O diferencial Umbro está nas barras laterais que se alongam por toda a lateral da camisa, além disso a Umbro é uma das únicas que não conta com nenhum detalhe na parte inferior da camisa

Destaque: O destaque vai para a camisa da Inglaterra que é a única com o desenho diferente, pouco mais irregular e bem mais bonita. A irregularidade é marca fixa nessa camisa e fica faltando apenas um detalhe na parte inferior da camisa.

Lançamentos: Irlanda visitante, Suécia casa, Noruega visitante e Inglaterra casa.

irlanda-0709-b.jpg suecia-0809-a.jpg noruega-0809-b.jpg

Nike

Bom: O que chamou minha atenção positivamente na nova linha Nike foi as cores usadas em suas camisas. Todas elas me parecem estar muito “clean”, deixando as camisas muito bonitas de se admirar por esse ponto de vista.

Ruim: Para variar a Nike errou novamente no mesmo ponto, excesso de simplicidade. Com praticamente uma cor e com poucos detalhes sem possibilidades de uma 3ª cor as camisas ficaram absurdamente sem graça. Se não fosse as cores bem elaboradas seria uma temporada perdida.

Diferencial: O grande diferencial da Nike está nas diversas golas que foram desenvolvidas. Dentre elas a mais simples é a do Brasil e a mais bonita e elaborada é a da Rússia. Já a pior delas foi sem dúvidas a da Coréia, muito perto da de Portugal e Croácia.

Destaque: Na minha opinião não pode existir outro destaque se não a camisa da Rússia de visitante, a melhor da Nike disparada, ela é vermelha com uma faixa grande no meio representando a bandeira que é separa da camisa em si por uma faixa dourada que da um status de riqueza para a camisa e para o país, além disso a gola é muito estilosa e bonita separada em 2 pontos sendo que um deles é branco, para completar ela tem uma abertura falsa igual a da nova Puma.

russia-0809-b.jpg

Lançamentos: Brasil casa, Sérvia visitante, Coréia casa, Turquia visitante, Portugal visitante, Holanda visitante, Croácia visitante, Rússia visitante.

brasil-0809-a2.jpg servia-0809-b.jpg coreia-0809-a.jpg 

turquia-0809-b.jpg portugal-0809-b.jpg holanda-0809-b.jpg 

                                  croacia-0809-b.jpg 

 Adidas

Bom: O bom da Adidas nessa temporada é a falta de padrões apesar de existir um modelo base. Podemos perceber diversos tipos de desenhos, golas, mangas sem contar com os detalhes muito bem inventados em algumas camisas como da Alemanha, França e África do Sul apesar de existir as “sem sal” também como a da Espanha e a da Dinamarca, pensando bem até a da Argentina está um pouco assim. Mas a falta de padrão superou todas as outras marcas

Ruim: Foi difícil encontrar algo ruim nas camisas mas vou destacar as golas da maioria delas, que está com um desenho meio estranho que circula a cabeça e impede as faixas de terem seu nascimento no pescoço.

Diferencial: Não tem como citar outra coisa diferente na Adidas se não a falta de padrão. A idéia de fazer uma camisa com detalhes diferentes para cada seleção, que no final transforma o desenho, é muito boa. Isso destaca cada camisa como sendo única e não apenas uma variação de cores, em todas as outras marcas o que mais faz com que você ache uma camisa mais bonita que a outra é o padrão, pois assim o uso de cores é que diferencia e uma combinação pode te agradar mais, já na nova coleção da Adidas a falta de padrão faz com que cada camisa seja mais linda que a outra atingindo assim a todos os gostos e dificultando a eleição da mais bonita.

Destaque : Como já falei foi muito difícil eleger o destaque, mas apesar de existirem muitas camisas lindas acho que nenhuma ousou tanto quanto a da África do Sul. A camisa é de manga 3/4 tem uma gola diferente das outras e as listras são totalmente limitadas. Além disso o desenho em verde na manga que é totalmente quebrado do nada deu muito estilo para ela. PS: Queria essa para o Brasil.

africa-do-sul-0809-a.jpg

Lançamentos : França casa, Alemanha casa, Grécia casa, Espanha casa, Japão casa, Dinamarca casa, México casa, Argentina casa, Paraguai casa, África do Sul casa.

franca-0809-a.jpg alemanha-0809-a.jpg grecia-0809-a.jpg

espanha-0809-a.jpg japao-0809-a.jpg dinamarca-0809-a.jpg

mexico-0809.jpg argentina-0809-a.jpg paraguai-0809-a.jpg

Puma

Bom: O bom da nova coleção está bem representado nos detalhes. A idéia do símbolo acompanhando o clube foi bem legal. Posso destacar também a alusão a bandeira do país na gola de algumas camisas, bem legal e por último a gola falsa aberta bem legal e desenvolvida.

Ruim: O ruim foi a falta de muita inovação, que é algo que todos sempre esperam da Puma, nada que danifique as camisas, mas o padrão muito forte, mais forte que o da Nike, que sempre é criado pela Puma cansa, as camisas simplesmente mudam de cor o que limita você a escolher gostar no máximo de umas 4 camisas, uma escura, uma clara e 2 diferentes, apesar que os tons diferentes, como amarelo, ficaram bem sem graça e não me animam para os próximos lançamentos.

Diferencial: O destaque da Puma é a elegância proposta pelas camisas. Adotaram um desenho muito elegante que é bastante valorizado pela gola e pela simplicidade predominante nas camisas.

Destaque: Não dá para ser outra o grande destaque Puma seleções é a Áustria visitante. Combinação de cores perfeita encaixe do dourado muito bem feito e força de personalidade na combinação total.

austria-0709-b.jpg

Lançamentos: República Tcheca visitante, Itália visitante, Itália visitante manga longa, Polônia visitante, Suíça visitante, Camarões visitante, Senegal visitante, Costa do Marfim visitante, Áustria visitante. 

republica-tcheca-0709-a.jpg italia-0709-b.jpg polonia-0809-b.jpg

suica-0809-b.jpg camaroes-0709-a.jpg senegal-0809-b.jpg 

                                  costa-do-marfim-0809-b.jpg

OBS: Também foram desenvolvidos os uniformes da Irlanda do Norte, Umbro; Nigeria, Trindade e Tobago e China, Adidas; Gana, Togo, Tunísia, Egito e Angola, Puma.