Archive for the ‘feyenoord’ Tag

Camisa da Temporada

São 24 (vinte e quatro) indicados para essa categoria organizados por ordem alfabética, vocês devem votar na comunidade do Compulsivos F.C. no Orkut clicando aqui, ou mandar um e-mail com o seu candidato favorito para contato@compulsivosfc.com.br

Para ver os candidatos das outras categorias ou fazer algum comentário sobre o Oscar das Camisas 0708 acesse este post. Conto com a participação de todos e convoquem todos os compulsivos que vocês conhecem.

Quem concorre: Qualquer camisa.

Observação: A mais importante categoria da premiação.

Segue as fotos dos candidatos, basta clicar para aumentar.

Arsenal                               Bayern München I

Bayern München II                               Betis

Bordeaux                               Botafogo I

Botafogo II                               Feyenoord

Fluminense                               Hamburgo

Independiente                               Internazionale

Juventus                               Lens

Manchester United                               Manchester City

Reading                               Valência I

Valência II                               Zenit

Anúncios

Melhor Camisa Inovadora

São 16 (dezesseis) indicados para essa categoria organizados por ordem alfabética, vocês devem votar na comunidade do Compulsivos F.C. no Orkut clicando aqui, ou mandar um e-mail com o seu candidato favorito para contato@compulsivosfc.com.br

Para ver os candidatos das outras categorias ou fazer algum comentário sobre o Oscar das Camisas 0708 acesse este post. Conto com a participação de todos e convoquem todos os compulsivos que vocês conhecem.

Quem concorre: Camisas não tradicionais.

Observação: Alguns camisas indicadas tem toques e envolvimento com a história, mas por estarem paradas a muito tempo foram aceitas.

Segue as fotos dos candidatos, basta clicar para aumentar.

Arsenal                               Bayer Leverkusen

Bayern München                               Benfica

Boca Juniors                               Espanyol

Feyenoord                               Hamburgo

Internazionale                               O. Marseille

Palmeiras                               Racing

Roma                               Schalke 04

Sevilla                               Sporting

…PSV Eindhoven da Holanda

É um dos clubes de maior prestígio fora da Holanda, já conquistou uma Uefinha em 78 e uma copa dos campeões em 88, além de ser um dos únicos 4 clubes a ganhar um campeonato holandês, no total ele tem 20 e perde apenas para o Ajax que tem 29. O PSV é o atual tri-campeão e ganhou o campeonato de 2007, que foi sem dúvidas o campeonato mais emocionante que eu já presenciei, quando na última rodada 3 clubes com a mesma pontuação tinham a chance de se sagrar campeão. o Az Alkmaar tinha um saldo de 53, o Ajax de 47 e o PSV de 46 sendo que caso empatasse seria decidido em gols marcados, nesse aspecto o Ajax levava vantagem de 1 sobre o Az e de 12 sobre o PSV.

Na última rodada todos os 3 clubes tiveram momentos que se sagrariam campeão caso ali acabasse. Até os 8 minutos o campeão era o AZ pois todos estavam empatando em 0x0, porém o PSV fez gol aos 8 e aos 10, garantindo assim o título até o momento, mas sofreu um e assim o Ajax e o AZ precisavam de uma simples vitória para passar o PSV. Aos 18 o Ajax foi quem fez o gol e assim se tornava o campeão no critério saldo de gols. Até o fim do 1º tempo a única coisa que aconteceu foi o Az sofrer e marcar um gol, portando o Ajax continuava sendo o campeão até o momento. Aos 15 do 2º o PSV fez mais um gol e precisava de mais 1 para ser campeão, no mesmo momento o Az sofria outro e via tudo escapar por entre os dedos. 5 minutos depois o PSV fazia outro e a euforia era clara, o 4×1 deles combinado com o 1×0 do Ajax e a derrota do AZ por 2×1 era tudo que eles precisavam, mas assim como foram necessários 5 minutos para a euforia foram necessários 5 para a emoção, o Ajax fazia um gol e empatava em saldo mas ganhava em gols marcados e o Az empatava a partida precisando apenas de 1 gol para ser campeão pela segunda vez na história. Isso aos 25 do 2º tempo. Depois de muita luta aos 35 o PSV conseguiu o seu 5º gol e novamente ficava a frente de seus adversários, mas qualquer gol dos dois concorrentes acabava com a festa. Seguiu assim até os 50 minutos quando saiu um gol no jogo do AZ, felizmente o gol era do Excelsior que fazia 3 a 2. Com a combinação de resultados o PSV ganhou o campeonato por 1 gol de saldo sobre o Ajax, nesse momento que cada gol perdido deve retornar a cabeça de cada atleta do Ajax. E pior deve ser do AZ que dependia de uma vitória simples para acabar com a hegemonia entre Ajax, PSV e Feyenoord de mais de 25 sem dividir títulos com outro clube.

 OBS: O AZ nunca havia perdido nem empatado com o Excelsior  na vida até essa partida.

Segue as lindas camisas do campeão PSV da atual temporada, feitas pela Nike, um excelente trabalho em ambas, mas a de casa (listrada) é absurdamente bem montada.

psv-0608-a.jpg

psv-0708-b.jpg

…Feyenoord da Holanda

É infelizmente o mundo do futebol é assim mesmo, para aqueles que imaginaram que só acontecia no Brasil. Mas o que é triste mesmo é pensar que eles planejaram, desenharam e desenvolveram a idéia e depois de um tempão viram o resultado final, ficaram orgulhosos do que tinham feito e enviaram para o clube… ai chega lá e tem que colocar o maldito patrocinador… e o quê que acontece?! Jogam uma camisa maravilhosa que, tinha tudo para entrar em milhares de coleção particulares no mundo inteiro, no lixo… e pior é que conseguiram isso com apenas 1 patrocínio, 1 único.

Mas eles abusaram realmente, colocaram o patrocínio no lugar do símbolo parece que o time é da Fortis, e para piorar ainda tem o Kappa na gola que deixo tudo aglomerado, símbolo, patrocinador e fornecedor esportivo… isso tudo sem conta o “Big Kappa” nas mangas exagerado que só, mas é aceitável, ou melhor, não tão grave.

Bastava eles terem colocado o Fortis mais abaixo e a camisa seria boa… apesar de eu também não achar ótimo, mas até seria capaz de comprar. Deviam seguir o exemplo do Bétis que não colocou nada e fez de seu centenário inesquecível.