Archive for the ‘italiano’ Tag

Há 10 Anos Atrás – Abril

Udinese da Itália

A camisa da Udinese foi a escolhida para ilustrar o Há 10 Anos Atrás de Abril. A camisa naquela temporada foi usada como terceiro uniforme e a cor usada é o incomum, para o clube, azul. Na época o clube era patrocinado pela marca dinamarquesa Hummel que tinha bem mais espaço do que nos tempos atuais, o modelo era bem simples como era tradicional na época, os detalhes eram mais focados em golas e apetrechos na parte superior da camisa principalmente nos ombros. No caso dessa camisa nem isso, a gola era bem simples e lembra muito a gola das camisas do começo dos anos 90, com um botão apenas e um colarinho baixo da segunda cor da camisa acompanhado de um detalhe. O tronco da camisa vem com outra característica que aparece no começo dos anos 90, a marca d’água. Como foi muito usado e não podia ser diferente o que aparece na marca é o distintivo do clube, praticamente qualquer símbolo fica muito interessante dessa forma, e não foi diferente com o clube italiano, ficou muito bonito, principalmente porque o distintivo é cheio de elementos e grande deu uma composição muito boa para a camisa, só acho que foram usados muitos, somente o do tronco deslocado era suficiente, uma pequena observação que eu não sei responder e achei curioso, alguns provavelmente vão até achar que prejudica o conjunto, e eu não discordo totalmente dessa opinião. Porque a marca d’água do símbolo que é a que mais aparece está de ponta cabeça? Muito estranho. Mas continuando, na manga é possível ver as famosas “setinhas”, símbolo maior da Hummel, muito mais bonita que as 3 listras da Adidas talvez por ser menos usada ou talvez por simplesmente ser mais bonita mesmo. Deu todo um estilo para a camisa que tem isso praticamente como único detalhe, interessante é o fato de ter sido usado apenas duas setas quando geralmente a Hummel aproveita toda a linha e vai da gola até as mangas usando um número bem maior. De qualquer modo ficou muito bonito, junto com a marca d’água formam um bom conjunto, só faltou um pouco de branco na parte inferior da camisa. Mas a camisa não tem apenas elementos do começo dos anos 90, o patrocínio mais bem desenhado, com curvas saindo um pouco mais da camisa era bem atual na época, entretanto ele era horroroso, conseguiu cobrir e conseqüentemente destruir um dos principais elementos, além disso o amarelo excessivo e o desenho acabam por atrapalhar a camisa, o primeiro se usado moderadamente poderia até se harmonizar com o resto da camisa, já o segundo é mais difícil, teria que diminuir radicalmente seu tamanho, atrapalhando assim o nome da empresa. Uma solução que muito me agrada para esse artifício bizarro seria o simples uso do nome da empresa em azul com uma borda branca, cobriria a marca d’água verdade, mas nesse caso isso já é inevitável. Outra coisa ruim que também foi muito usada no final dos anos 90 é essa união de elementos na parte superior da camisa, patrocínio bem para cima e brasão do clube e símbolo da fornecedora esportiva apertados e muitas vezes deslocados para os lados tirando a tradicional e muito bela simetria entre esses elementos no peito da camisa. Enfim, é uma camisa muito bonita, mas que ficou um pouco atrasada no tempo, e isso fica evidenciado quando comparamos ela com as camisas da época e de mais alguns anos atrás. Talvez esse seja o motivo da Hummel ter perdido espaço no mundo das camisas.

Anúncios

…Chievo da Itália

O Chievo é um desses diversos clubes pelo mundo que já ouvimos falar alguma vez, mas nunca sequer vimos a camisa do clube ou vimos a história de sua fundação, algumas vezes nem se sabe de que país o clube é.

Pois bem, o Chievo Verona é um clube italiano de futebol fundado em 1929, novo para a Itália. Seu primeiro campo era meio lusitano, continha algumas árvores no meio. Sua 1ª partida oficial aconteceu apenas em 1931. Não sei o motivo das cores do clube e do símbolo do clube que traz um homem montado em um cavalo, mas com certeza é algo muito diferente. 

Na temporada passada o clube caiu para a Série B italiana quando na última rodada viu o que era praticamente impossível acontecer. Era o 4º time acima da zona de rebaixamento, os outros eram 3 e o primeiro da zona de rebaixamento eram Parma, Catania, Reggina e Siena. O clube precisava apenas do empate para ficar, para cair era necessária a vitória da maioria dos outros clubes. Não deu outra, o Chievo perdeu de 2 a 0 para o Catania, o Parma ganhou de 3 a 1 do Empoli, o Reggina de 2 a 0 do Milan e o Siena de 2 a 1 da Lazio com direito a gol aos 40′ do 2º tempo. Atualmente ocupa a 3ª posição na Série B e está conseguindo o acesso de volta para a Série A.

As camisas que o clube está vestindo na 2ª divisão são bem peculiares, mas apesar da camisa de casa ser muito curiosa o desenho de visitante chamou mais minha atenção. Apesar de ser fabricada pela Lotto a camisa não atende a nenhum padrão que eu tenha visto até o momento, na verdade o formato dos detalhes é bem simples, apenas se divide manga do corpo e golas, sem partes extras como a dos ombros que foi muito usadas nessa temporada. Os pontos positivos ficam pelo uso das cores, um quadriculado irregular e previamente deslocado separa o tronco da camisa em 4 pontos, me recorda de uma camisa do San Lorenzo, também da Lotto, que um dia ainda vou publicar, dois deles azuis e 2 deles brancos, divididos de uma forma bem bonita apesar de irregular. As mangas definiriam qual a real cor da camisa, eles preferiram definir como azul, foi uma decisão sábia já que a camisa de casa é amarela, além disso o fato dela ser azul faz com que o branco seja o intruso nos quadrados, o que proporciona um efeito muito bom, melhor do que o contrário. Mas o que deixa a camisa realmente bonita é como está disposto o Lotto e o patrocínio, excelente saída. O principal astro desta ótima saída é o patrocínio, que teve seu tamanho diminuindo para caber na parte branca da camisa, sem precisar abrir uma caixa que descaracterizaria toda a camisa, além disso é um patrocínio bem simples, letras bonitas e o sublinhado na palavra deu a dose de azul certa para a harmonia com a camisa. O símbolo da Lotto acabou entrando como parceiro do patrocínio fazendo uma diagonal e dando novamente a impressão do encaixe perfeito, o fato de ter sobrado uma quantidade de branco razoável nas bordas também fez com que o Lotto ficasse mais discreto. O escudo  do clube também tem papel importante na camisa, ele corta essa idéia simétrica que os dois itens acima acabaram criando. Além de não ficar perto de onde os quadrados se encontram ele também não deixa esse espacinho que torna as coisas mais discretas, isso acabou sendo uma das únicas falhas ao lado do símbolo da Lotto em vermelho nas mangas. mas infelizmente não é possível que tudo seja como eu quero.

chievo-0708-b.jpg

Há 10 Anos Atrás – Dezembro

Juventus da Itália

A Juventus de Turim teve sua fundação em 1897 e portanto seu centenário há 10 anos atrás na temporada 9798, fundada por um grupo de alunos do colégio Liceo D’Azeglio que na época discutiam a liga inglesa de futebol, praticamente a única existente, e resolveram montar um clube totalmente voltado para a pratica do futebol. O nome do clube se refere a juventude e a força que ela tem, essa era a idéia que os fundadores queriam difundir. É um dos maiores clubes do mundo e seu 1º título foi o de campeão italiano em 1905, depois desse vieram mais 26, porém com os famosos escândalos de compra de resultado 2 deles (0506 e 0607)  foram anulados. Copas da Itália foram 9, Copas da UEFA 3 e UEFA Champions League 2, ambas posteriormente convertidas em títulos mundiais.

Como em toda camisa de centenário há muita história por trás dela. O escudo com as cores da Itália refere-se ao campeonato vencido na temporada anterior 9697, esse é um direito que até os dias de hoje o campeão italiano tem, atualmente algumas camisas da Inter vem com ele no meio entre o símbolo da Nike e o da própria Inter. O de campeão da Copa da Itália é redondo e é defendido pela Roma atualmente. A ausência do símbolo da Juventus na verdade não é tão estranho para a época, o escudo foi implantado pela 1ª vez na história em 1994 na temporada 9495, até lá a Juventus nunca havia colocado o seu escudo na camisa, após mais 2 temporadas com o símbolo ausente a Juv recolocou o escudo na manga da camisa de casa do centenário. O escudo só entrou oficialmente no peito na temporada 9900. Outra coisa curiosa é a cor da camisa, o rosa na verdade era a cor oficial do clube, mas em 1903 surgiu um doutor que havia adorado a camisa, então se ofereceu para trazer peças melhores e importadas da Inglaterra. O tal doutor fez uma encomenda para a fabrica e exigiu as camisas nas cores rosa e preta, porém o infeliz balconista olhou uma foto e achou que o rosa não passava de um branco manchado e fez as camisas nas cores branca e preta. Dizem que quando a encomenda chegou a decepção foi geral, mas como não havia outra maneira foram obrigados a jogar com o uniforme alvinegro que se mantém até hoje. Mas de tempos em tempos aparece uma camisa com rosa se não completamente rosa para homenagear os velhos tempos como essa do centenário.

Achei ela linda e classifico ela como uma obra de arte, segue a foto para que cada um tire suas próprias conclusões.

 juventus-9798-centenary-2.jpg

Um ótimo 2008 para todos, cheio de camisas novas e repleto de coisas boas. Agradeço a cada um de vocês por esse início de blog muito bom.

Continuem sempre visitando o Compulsivos F.C., abraços Guilherme Pucci

Há 10 Anos Atrás – Novembro

Inter de Milão da Itália

Na atual temporada 0708 a Inter de Milão completa 100 anos de idade, e como todos sabem não existe centenário sem camisa comemorativa, a deles, que está sendo usada na UEFA Champions League principalmente é linda. Primeiramente eles reeditaram o antigo escudo do clube que tem bem menos azul, o que torna-o mais claro e mais bonito também, faz o dourado brilhar dando um valor extra para a camisa. Essa cruz vermelha tem explicação um site diz o seguinte “A cor Branca com a Cruz vermelha no peito, referia-se à antiga vestimenta dos Cavaleiros Templários, ordem militar da Igreja Católica criada por volta do ano de 1119 com o intuito de proteger os peregrinos Cristãos a caminho da Terra Santa. “. Se protegeu os cristãos eu não sei, mas tem uma coisa que eu sei, essa cruz vermelha deu muito dinheiro para a Nike. Mas também não é para menos, essa camisa está absolutamente linda em cada detalhe, e o que me deixou mais alegre foi o fato de que a Pirelli não acabou com a festa, fez um patrocínio detalhe, que por sinal caiu muito bem com a camisa.

Mas 10 anos atrás a história já não é a mesma, o segundo uniforme de quando a Inter completou 90 anos tinha algumas diferenças. A maior delas é que a camisa era da Umbro, que na época dominava o mercado de camisas, mas o patrocínio e o escudo do clube são os mesmos, outra diferença era na humildade deles, olha só o tamanho da estrela nessa camisa e na atual, eles realmente se gabavam dos seus títulos italianos. Na época era muito comum essa gola e esses botões. Mas o que é muito bonito nessa camisa são as listras, a dose de cada cor é perfeita e combina 100% com o clube, além disso por serem exclusivas de um lado e de uma manga (oposta) a camisa ganha um ótimo balanceamento. Essa apesar de ter 10 anos atrás ainda assim se mantém linda.